quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

E não é que isto dos mirtilos resulta mesmo...


Se eu soubesse já tinha começado a dar nos mirtilos mais cedo. Refiro-me obviamente ao facto de ter, pela primeira vez nesta passagem de ano, pedido os doze desejos (ou resoluções?) para o ano vindouro e tê-lo feito com mirtilos em substituição das passas que detesto (motivo pelo qual nunca tinha pedido os desejos). 

Bom, verdade que não sei se é dos mirtilos ou de mim, mas este ano ainda vai no segundo mês (quase, quase no terceiro, mas tecnicamente ainda no segundo), e eu já dei andamento a mais coisas do que no ano de 2015 inteirinho. 

A minha vida está prestes a dar uma grande volta, coisa que ainda estou a assimilar e ainda não tive folego para contar, mas estou a tentar a todo o custo que essa mudança funcione como uma (boa) bola de neve influênciadora de tudo o resto que precisa de mudar na minha vida. E até agora, estou mais motivada que nunca a consegui-lo, e não tenho poupado esforços para que aconteça. 

Hoje dei mais um passinho de bebé para chegar lá. Este ano, finalmente! - dirão todos os que me conhecem - espero ter forças para lutar comigo mesma e atingir um muito aguardado objectivo. Só o facto de começar já vai ser uma vitória para mim. Se concluir, muita coisa vai mudar na minha vida, espero que para melhor. Rezem por mim! 

Até lá, vou revendo esta lista, e riscando um a um os objectivos atingidos.  

Mais alguém no bom caminho dos objectivos traçados? O ano ainda é uma criança, e mesmo se já se desviaram do caminho, ainda vão a tempo de voltar à estrada certa! Vamos juntos? 

Sem comentários:

Enviar um comentário