segunda-feira, 9 de maio de 2016

Então e as obras? #2


No passado dia 29 de Abril fizemos oficialmente dois meses de obra. 

Esse era mais ou menos o prazo estipulado para a duração das mesmas, mas esta não é a nossa primeira remodelação profunda e sabíamos que era mais fácil esse prazo resvalar do que ser efetivamente cumprido. O maior culpado do atraso foram, sem dúvida, as condições meteorológicas. A chuva não deu tréguas e isso é impedimento para quem tem paredes para estucar, pintar e claro...secar! E depois de cerca de uma semana boa, heis que voltamos a ter água a rodos. 

No entanto, e apesar disso, o balanço continua a ser muito positivo: Já estamos na parte dos acabamentos da primeira fase da obra (espaço social). Já temos pavimento, revestimento, algumas paredes pintadas, alumínios e enquanto escrevo os primeiros móveis da cozinha estão a ser montados. Confesso que esta é a parte por que mais anseio já que sonho com uma nova cozinha há muito tempo. 

Os acabamentos podem ser tão demorados como a obra em si, parece que falta sempre qualquer coisa e que essa coisa vai estar provisoriamente em falta nos próximos dez anos. Mas se controlarmos a nossa impaciência, com calma as coisas vão tomando o seu lugar, e grão a grão, a casa vai-se compondo. 

Confesso que nesta fase já estou muito impaciente e muito farta de viver praticamente num T0 sem acesso a cozinha. Preciso do resto da minha casa e preciso do bom tempo e do meu espaço exterior. Mas amanhã já verei os móveis na minha nova cozinha e sei que isso me dará um novo alento para mais um mesinho de obra. 


Pontos positivos de dois meses de obra: 

- Conseguimos fazer tudo o que tínhamos planeado e ainda melhor.
- As equipas tem sido cumpridoras e competentes.

Pontos negativos de dois meses de obra:

- A primavera que teima em não vir.
- Estar confinada a uma pequena parte da casa, com tudo encaixotado e sem cozinha. 



Sem comentários:

Enviar um comentário